O Projeto Transformar, uma parceria entre as secretarias de Estado de Administração e Gestão (Sead), de Administração Penitenciária (Seap) e do Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam), retoma as atividades, paralisadas devido à pandemia, nesta segunda-feira (17/08). O Transformar, que ensina uma nova profissão aos apenados do regime semiaberto, traz economia ao Governo do Amazonas. Isto porque, através dele, equipamentos que seriam descartados, serão recuperados.

O curso, de 160 horas, tem por foco a qualificação técnica em manutenção e instalação de equipamentos de refrigeração – bebedouros, condicionadores de ar e freezers. Serão ofertadas 40 vagas, em duas turmas. Com o certificado de qualificação, os apenados que concluírem o curso poderão futuramente explorar a qualificação técnica.

Segundo a Secretária da Sead, Inês Carolina Simonetti, o projeto Transformar trabalha, simultaneamente, em três aspectos. “Há a contribuição para a economia, onde o Estado economiza ao consertar equipamentos que seriam descartados, o que resulta também em poupar o meio ambiente”, destaca. “O Estado ganha quando seus bens são recuperados e devolvidos ao uso, evitando novas compras e gerando economia”, avalia a secretária da Sead.