O Grêmio está garantido na terceira fase preliminar da Libertadores 2021. Nesta terça-feira (16), mesmo atuando com um time alternativo, o Tricolor venceu o Ayacucho (Peru) por 2 a 1 no estádio Olímpico Atahualpa, em Quito (Equador). Os gaúchos se classificaram por também terem vencido o primeiro duelo do confronto, há uma semana, por 6 a 1, em Porto Alegre.

A partida desta terça-feira seria, inicialmente, no estádio Garcilaso de la Vega, na cidade peruana de Cusco, a 3,4 mil metros do nível do mar. Com a impossibilidade de os voos do Brasil entrarem no Peru, devido à variante do novo coronavírus (covid-19), o Ayacucho levou a partida para Quito, onde também poderia ter a altitude a favor (2,8 mil metros).

O próximo adversário tricolor será o Independiente del Valle (Equador), que, nesta terça-feira, atropelou o Unión Española (Chile) por 5 a 2, no estádio Casa Blanca, também em Quito, revertendo a vantagem dos chilenos, que haviam ganhado o jogo de ida por 1 a 0, na semana passada. Quem avançar entre gaúchos e equatorianos, classifica-se para a fase de grupos da Libertadores.

O duelo seguiu com poucas emoções até os 39 minutos, quando Ardiles cruzou pela esquerda, o zagueiro Minzum Quina fez o pivô e rolou para o atacante Leandro Sosa abrir o placar. Só que, na sequência, Ferreirinha foi lançado às costas da zaga peruana pela esquerda, entrou na área, cortou dois marcadores e finalizou colocado, deixando tudo igual.

O Grêmio volta a campo nesta sexta-feira (19), contra o Aimoré, às 20h, pela quinta rodada do Campeonato Gaúcho, na Arena, em Porto Alegre.