Ademir dos Santos do Nascimento, Carlos Jose Oliveira Correia, Daniel da Gama Viana e Erleton Soares, foram presos por estarem todos dentro do veículo utilizado no homicídio do adolescente Jeferson Soares Nogueira, que tinha 17 anos. O crime aconteceu nesta sexta-feira (14), na avenida Denise Trindade, conjunto Pantanal, bairro Compensa, zona Oeste.

De acordo com o delegado plantonista Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), Fábio Silva, Jefferson foi executado com mais de 15 tiros. “Pegaram a vítima de surpresa e efetuaram os tiros à queima-roupa, a maioria na cabeça”, explicou o delegado.

A família disse que o jovem foi morto por engano ou latrocínio, mas logo a equipe da especializada descartou essa possibilidade pois segundo o delegado “Foi envolvimento com o tráfico de drogas, não precisamente da vítima, mas a localidade em si é uma área vermelha. Não foi confirmado o assalto. Uma pessoa que vai roubar a outra não vai fazer mais de 15 disparos, vieram para executar mesmo”.

Com os criminosos foi apreendido um revólver, calibre 38 e munições, além do carro usado no crime.

Um dos suspeitos presos, foi reconhecido pela polícia pela alcunha de ‘Cabeça’, conforme os agente ele é responsável por outras mortes na capital. Ele e os outros três comparsas foram encaminhados à sede da DEHS, na Zona Leste, onde devem ser adotados os procedimentos cabíveis.