A vigilante Katia Regina Brito de Souza que tinha 30 anos, morreu na manhã desta sexta-feira (2), após ser atropelada por um ônibus do transporte público coletivo de Manaus. O acidente de trânsito aconteceu por volta das 7h, após ela cair da garupa da motocicleta, durante o tráfego de veículos na Torquato Tapajós.

Conforme a polícia, um veículo teve que fazer uma parada brusca por conta das obras que acontecem na avenida. A moto em que Cátia estava, como passageira, não conseguiu parar e bateu atrás do carro, com o impacto ela caiu na pista, foi atropelada pelo ônibus, sendo arrastada por alguns metros.

A família esteve no local e fez o reconhecimento da vítima, os condutores, tanto da moto, como do carro e ônibus foram encaminhados para a delegacia para prestar esclarecimento.