O Governo do Amazonas, por meio do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam), realizará Intercâmbio e Nivelamento Técnico para Executores do Projeto Prioritário de Pecuária (PPP), entre os próximos dias 14 e 18 de junho. O evento com programações teóricas e práticas será sediado em Manaus e Presidente Figueiredo (distante 117 quilômetros da capital).

A capacitação terá como público alvo os técnicos executores/coordenadores locais, do Projeto Prioritário de Pecuária de 22 municípios do Amazonas, e técnicos de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) do Idam Central; e incluirá palestras e demonstrações de métodos, além de práticas em fazendas com pastagens em sistema rotacionado e tecnologia de mecanização e nutrição mineral.

“O objetivo desse intercâmbio é fazer com que nossos técnicos executores/coordenadores locais do Projeto Prioritário de Pecuária tenham conhecimento de um novo momento da pecuária amazonense. O nivelamento irá focar na questão de pasto rotacionado, que hoje é a melhor forma de se praticar uma pecuária sustentável, ocupando menos espaço e sem desmatamento”, disse o coordenador do Projeto Prioritário de Pecuária e médico veterinário, José Augusto Omena.

Segundo ele, a programação se dividirá em exposições práticas presenciais e demonstrações de métodos (DM’s) realizados em fazendas de Presidente Figueiredo que já trabalham com pasto rotacionado, bem como palestras técnicas na central do Idam.

As demonstrações de métodos/técnicas irão ocorrer na Fazenda Porteira, Fazenda São José e Fazenda Ouro Verde, nos dias 14 e 15. As atividades incluirão apresentação do sistema rotacionado, mecanização agrícola, mapeamento de sistemas intensivos, coleta de solo georreferenciada com o uso de GPS, monitoramento de nutrientes do solo e práticas de conservação do meio ambiente na pecuária intensiva.

“Vamos apresentar alguns projetos que já estão em andamento como exemplos que já estão produzindo e atingindo um patamar satisfatório. Nossos técnicos vão acompanhar desde o início do processo: análise de solo, correção do solo através da calagem, adubação do melhor capim, e do melhor pasto para aquela região”, delineou Omena.

Entre os dias 16 e 18 será realizada uma série de palestras de nivelamento na central do Idam para tratar de temas como o manejo sanitário na bovinocultura, gestão, boas práticas e regularização ambiental na bovinocultura, gestão, boas práticas e regularização ambiental.

“O Intercâmbio e Nivelamento técnico para executores do Projeto Prioritário de Pecuária faz parte do Programa de Capacitação do Idam e vem ser o primeiro evento presencial com a participação de todos os técnicos executores de todo Amazonas, além da participação de profissionais e estagiários de medicina veterinária, agronomia e zootecnia lotados na Gerência de Produção Animal do Idam Central, além da Diretoria do Idam”, afirmou o gerente de Capacitação e Metodologias de ATER do Idam, Pedro Chaves da Silva,

Pastejo rotacionado – Uma alternativa sustentável para a pecuária intensiva, o pasto rotacionado emprega práticas e tecnologias modernas para maximizar a produtividade usando-se uma área pequena e sem a necessidade de mais desmatamento.