Nenhum eleitor poderá ser preso ou detido cinco dias antes e até 48 horas depois do término do pleito. A regra não vale para flagrante, cumprimento de sentença criminal por crime inafiançável ou por desrespeito a salvo-conduto. A polêmica Lei protege o cidadão que vai votar neste domingo, mas infelizmente também dá salvação a bandidos que já são muito beneficiados pela frágil Lei brasileira. Candidatos também não podem ser presos, a não ser em flagrante. Ou seja, a polícia fica limitada em seu trabalho.

CARREATAS 

Em Manaus e nas cidades do interior existe uma disputa para ver quem tem a maior carreata. Dando gasolina é fácil ganhar esse jogo. Mais uma vez é preciso lembrar que só a urna vai dizer quem vai para o segundo turno. Não adianta carreata, gritaria nem espernear. O voto é é secreto e sagrado! Por isso mesmo o busão de domingo é de graça. Ficou no passado aquele tempo em que enchia a perua e patrocinava-se a viagem do eleitor.

REGRAS NO DIA DO VOTO 

Espera-se em todo o Brasil que os jovens tenham consideração com os idosos e deixem o primeiro horário todo reservado para os que já passaram dos 60 anos. Com a pandemia, o eleitor deve levar sua própria caneta, usar máscara e caprichar no álcool em gel. Assim como votar é um exercício de cidadania, respeitar as regas também é valorizar a democracia. Se a gente vota para melhor o Brasil, nada mais justo do que começar isso no caminho de casa para a Zona Eleitoral.

FRAUDE NAS PESQUISAS

A operação em Goiás, que desmantelou um esquema de fraudes nas pesquisas eleitorais é a prova do quanto esse jogo é sujo. O empresário suspeito de fraudar as pesquisas já havia sido pego com a boca na botija em São Paulo, pelo mesmo crime. A pedra é cantada em todo o Brasil. Aquele que compra a pesquisa é o mesmo que vende o eleitor a preço de banana depois que ganha a eleição. Não seja bobo. Sua consciência é seu guia.

SEGUNDO TURNO 

O eleitor, do alto de sua sabedoria, vai levar as eleições em Manaus para o segundo turno. Com mais de 30% declarando-se indeciso, está provado que todos querem deixar para a última hora sua decisão. Nada mais jutos. É uma decisão que vai mexer com os próximos quatro anos da cidade. E depois não adiante se arrepender, pois não haverá volta. Pensar, refletir em sua intimidade e depois seguir para a urna, seguro. as lições das más escolhas do passado ainda estão vivas.

 

NINGUÉM MERECE

As eleições de 2020 nem foram realizadas e já tem abutre formando chapa para 2022.

Luciano Huck de política e gestão pública tanto quanto entende de astrofísica.

É a sede pelo poder a qualquer custo.

Claro que não cola. Mas vai que, né, Globo?