Um homem de 32 anos foi indiciado pela Delegacia Especializada em Crimes contra o Meio Ambiente (Dema), da Polícia Civil do Amazonas, por ter espancado e causado a morte de um filhote de cachorro, de dois meses de idade, no bairro Cidade de Deus, zona norte de Manaus.

De acordo com o Boletim de Ocorrência, o homem espancou o cachorro, debilitando-o a ponto de ser necessário que ele fosse sacrificado. O homem é o companheiro da filha da dona do cachorro.

“Foi o primeiro indiciado, no Amazonas, já dentro das alterações na legislação brasileira sobre maus-tratos que, agora, preveem pena de dois a cinco anos para os autores”, disse o titular da Dema, delegado Herbert Lopes.