Dois industriários foram presos na terça-feira (9), suspeitos de desviarem materiais das dependências da empresa onde eles trabalhavam, no Polo Industrial de Manaus (PIM).

De acordo com Aldeney Goes, da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (DERFD),  representantes de uma empresa atuante no ramo de compra e exportação de material de reciclagem fizeram denúncia sobre furtos de materiais do tipo metal alumínio.

“Iniciamos as investigações e constatamos que um controlador de frota da empresa, em conjunto com outro funcionário, haviam montado um esquema para desviar o material, que era vendido para sucatarias de Manaus”, detalhou o delegado Aldeney.

O delegado Aldeney Goes explicou que foram cumpridos mandados de busca e apreensão para apurar o desvio de cerca de 10 toneladas de resíduos de alumínio da empresa vítima, avaliados em mais de R$ 80 mil, mas nada foi localizado. Porém, durante a mesma operação, em uma outra empresa, os policiais encontraram uma tonelada de cobre, avaliada em mais de R$ 40 mil, provavelmente pertencente a empresas de telefonia de Manaus.

Os suspeitos irão responder pelos crimes de furto qualificado e receptação. Após os procedimentos cabíveis na Especializada, eles foram encaminhados à Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde ficarão à disposição da Justiça.