A gerente de Matrículas da Secretaria de Educação, Irlanda Araújo, ressalta a importância do cadastro para os novos alunos. “O cadastro é a primeira etapa para garantir a vaga na rede pública de ensino. Por isso, é necessário que eles façam [o cadastro] para que, posteriormente, solicitem a vaga para a escola pretendida, de acordo com a disponibilidade da mesma”, disse Irlanda.

Documentação 

Após a realização do cadastro e posterior reserva de vaga, será necessário que o novo aluno apresente a documentação completa, após o retorno das aulas presenciais, ainda sem data definida.

Os documentos são: guia de transferência ou histórico escolar ou ainda declaração de transferência, com validade de 30 dias; certidão de nascimento (original e cópia); CPF e RG (original e cópia) do responsável pelo aluno menor de idade ou do estudante de Ensino Médio/maior de idade; comprovante de residência (cópia) do último mês que anteceder a matrícula; cartão de vacinação (cópia); duas fotos 3X4 recentes; e documento de identificação (com foto) do responsável pela matrícula (original e cópia).

 Matrículas 2021 

 O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Educação e Desporto, inicia, nesta segunda-feira (08), o processo de matrículas para novos alunos nas redes públicas de ensino. Devido ao avanço da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) no estado, neste ano, o procedimento será realizado de forma inteiramente remota, por meio do site www.matriculas.am.gov.br e na Central de Atendimento Matrículas, criada para aqueles estudantes com documentação incompleta para efetivar a vaga pelo endereço eletrônico.