No último fim de semana o Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas registrou 23 incêndios em Manaus. Na sexta-feira (07), uma casa na rua São Luís, bairro Santo Antônio, na Zona Oeste da Capital pegou fogo. No dia 05 de agosto, outro incêndio aconteceu em um apartamento no residencial Boa Vista, bairro ponta negra. No dia 13 de julho, o fogo tomou conta também de uma loja de colchões na Av. Autaz Mirim. No mesmo mês, as chamas destruíram parte de uma distribuidora em Itacoatiara – município distante 175 quilômetros de Manaus.
Dados do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas – (CBMAM), registrados por meio do disque-emergência 193, revelam que de janeiro a maio deste ano, o número de incêndios em residências em Manaus, chegou a 45. O especialista em Operações de Incêndio, 2º sargento BM Heberson Almeida, explica que uma das principais causas de ocorrências dessa natureza é o mau uso das instalações elétricas do imóvel, além da falta de atenção quanto à utilização de produtos inflamáveis e a não revisão na parte elétrica por um profissional habilitado.

Para o engenheiro civil Thiago Maron, Master em Patologias Avançadas e Especialista em Perícias, incêndios em lojas e lugares comerciais se dão muito também pela falta ou vencimento de um AVCB – Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros. “O AVCB é o documento que diz que o local foi vistoriado e está dentro das normas no que diz respeito a incêndio. Ele tem validade. Então assim como os condomínios precisam ter, os estabelecimentos comerciais também”, destaca Maron.

 

INSPEÇÃO

O engenheiro ressalta ainda a importância de vistorias periódicas nas edificações. “A Inspeção Predial é algo que todo síndico ou proprietário de um imóvel, deveria se preocupar em fazer. Consiste na análise completa da edificação focada principalmente na sua Manutenção e Uso, resultando em um Laudo Técnico completo sobre sua real situação, garantindo a segurança dos Usuários e do Patrimônio”.

No dia 21 de maio deste ano foi publicada a Norma ABNT NBR 16747:2020, intitulada “Inspeção Predial – Diretrizes, conceitos, terminologia e procedimento”. Há muito tempo aguardada, a Norma preenche uma lacuna nas legislações, já que no estado do Amazonas ainda não há obrigatoriedade da realização de inspeções periódicas das edificações e, estas minimizam a possibilidade de sinistros em edificações, porque constata antecipadamente falhas e/ou  anomalias.

A Elaboração de Projetos de Prevenção e Combate a Incêndio também é outro serviço indispensável para evitar incidentes. “Esta é uma consultoria de extrema importância, porque ao pensamos que na nossa cidade existem construções com mais de 50 anos de existência, por exemplo, com uma rede elétrica por vezes já comprometida e sobrecarregada e com vícios construtivos que devem ser levados em consideração, avaliar a saúde condominial desse bem, realizar esse processo criterioso de vistoria é muito importante para evitar possíveis transtornos”, conclui Thiago.