As meninas Ágatha dos Santos Pereira, 8; Kimberlly dos Santos Pereira, 12, continuam sendo procuradas após sumirem no dia 23 deste mês juntamente com o padrasto delas Cleberson Santos Cezar, de um igarapé do quilômetro 24 da BR-174.  Segundo testemunhas, Cleberson teria discutido com o caseiro do local, depois disso os três não foram mais vistos.

A delegada Joyce Coelho, titular da Especializada, disse que as investigações estão em curso e que a mãe, o pai, uma tia, além de vizinhos das crianças já foram ouvidos e que mais pessoas serão chamados para colaborar com o trabalho de investigação.

“As buscas continuam mata a dentro. Divulgaram informações ontem (26/12) dando conta que elas haviam sido encontradas, mas não procede. Supostamente elas teriam sido vistas, do dia 24 para o dia 25, passando por Manacapuru. São informações que ainda estão sendo levantadas. As buscas seguem na região onde eles teriam desaparecido.”, informou o pai das crianças, Nunes Pereira, que é sargento da reserva da Polícia Militar do Amazonas.

Em relação aos trabalhos de busca, ela informa, ainda, que são responsabilidade do Corpo de Bombeiros do Amazonas, que é quem define se ainda há condições de execução da função e se já esgotaram as possibilidades de localização naquela área.

Além do Corpo de Bombeiros, as buscas contam com o apoio do Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (Fera) e Polícia Militar do Amazonas (PM-AM).