A jovem empresária Giselly Castro de Azevedo que tinha 24 anos, foi assassinada a tiros na Rua Bijogó, Loteamento Novo Aleixo, zona leste.

De acordo com o Boletim de Ocorrência (BO), registrado na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), na tarde de terça-feira (02/02), às 17h49, a noticiante comunicou o homicídio de sua filha por disparo de arma de fogo.

Segundo informações a vítima estava em seu comércio, no endereço acima mencionado, e por volta das 15h, fora alvejada no local com cerca de cinco disparos de arma de fogo.

Giselly foi atingida com cinco disparos de arma de fogo, sendo dois no rosto e três no peito, socorrida por populares que a levaram ao HPS João Lúcio, onde já chegou sem vida.

Conforme levantado pela DEHS, o suspeito chegou a pé procurando especificamente pela vítima. Umas das hipóteses ouvidas pela polícia, é que a mulher vinha recebendo ameaças de um ex-companheiro. Outras versões dão conta do suposto envolvimento dela com o tráfico.

A polícia recolheu imagens do circuito de segurança e já está trabalhando no caso.