Francivaldo Cordeiro dos Santos, de 31 anos, foi preso em flagrante pelo crime de homicídio qualificado contra Wuidson dos Santos Souza, 24. O crime ocorreu também nesta quarta, por volta das 17h, na Praça 16 de Julho, bairro Centro do município de Manacapuru.

De acordo com o delegado Rodrigo Torres, titular da DIP, o motivo do crime teria sido uma desavença entre o autor e a vítima, ocorrida na terça-feira (05/01), após Wuidson jogar uma pedra em Francivaldo.  “Estávamos na delegacia no momento em que recebi uma ligação informando que um rapaz estaria sendo esfaqueado no endereço mencionado. Imediatamente montamos uma equipe e nos deslocamos até o local, onde constatamos que a vítima estava caída ao chão, com ferimentos de arma branca. A ambulância foi acionada, a vítima foi socorrida e levada ao hospital, onde, durante procedimentos cirúrgicos, não resistiu aos ferimentos e veio a falecer”, disse Torres.

Ainda segundo o delegado, a polícia foi informada que o autor havia sido perseguido e agredido por populares, que o detiveram por conta própria na rua Beira Rio, onde realizaram a prisão do mesmo. Francivaldo foi levado para o hospital e após atendimento médico foi conduzido para delegacia, onde confessou a prática do crime.

“Na unidade policial, ele informou que no dia anterior, havia ocorrido uma desavença entre ele e a vítima, após Wuidson jogar uma pedra nele. No dia do crime, a vítima, ao avistá-lo, levantou a camisa, segundo ele mostrando uma faca, e dizendo que naquele dia ele ia morrer. Ele desceu até o barco que trabalhava, pegou uma faca e subiu. Foi neste momento que ele esfaqueou a vítima”, mencionou o delegado.

Francivaldo foi preso em flagrante pela prática do crime de homicídio qualificado e permanece na carceragem do DIP, onde estará à disposição da Justiça.