O líder comunitário e assessor político André Queiroz Alves Castro, que tinha 35 anos, foi executado com cinco tiros na madrugada deste domingo (28), na rua Cruzália, comunidade Nossa Senhora de Fátima, bairro Novo Aleixo, zona Norte.

André foi assassinado na própria festa de aniversário na frente da família, que relatou para a polícia que um homem não identificado, usando uma jaqueta e boné, entrou de penetra na festa e efetuou os disparos. Ainda com vida, a vítima foi socorrida e levada ao Hospital e Pronto Socorro Platão Araújo,mas já deu entrada em óbito.

Nos grupos de WhatsApp do Nossa Senhora de Fátima, pessoas afirmam que a morte de André Castro, ocorreu depois que ele andou pedindo o reforço de policiamento para o bairro da Zona Norte, onde facções criminosas estariam executando rivais na disputa de pontos de tráfico de drogas.