Home Boletim de Ocorrência Lutador de MMA é preso por sequestro de filhos de empresário de Manaus

Lutador de MMA é preso por sequestro de filhos de empresário de Manaus

3 min ler
0
0
95
KLINGER BOXE

Klinger Pinheiro, 29, conhecido no Amazonas como “Klinger do Boxe”, foi preso pela equipe do delegado Adriano Félix, titular do 19° Distrito Integrado de Polícia (DIP), na tarde da quarta-feira (12/01), por volta de 17h30, no bairro Nova Esperança, zona oeste, por envolvimento no sequestro de dois irmãos, de 34 e 29 anos, vítimas de roubo majorado com concurso de pessoas, com emprego de arma.

Segundo a autoridade policial, as vítimas receberam mensagem pelo celular para negociar de um sofá, no valor de R$400. No local da entrega da mercadoria, os irmãos foram rendidos por quatro indivíduos, armados, que chegaram em dois veículos, sendo um modelo Ônix de cor branca e outro Voyage prata.

Na ocasião, os infratores exigiram que as vítimas efetuassem uma transferência bancária no valor de R$10 mil. Durante a ação de policiais militares, dois criminosos foram detidos no local, e os demais empreenderam fuga.

Félix reforça que os procedimentos do caso serão transferidos para o 17° DIP. As diligências em torno do caso seguem em andamento e mais informações não podem ser repassadas.

Klinger Boxe já foi uma das grandes promessas do MMA amazonense, chegando a disputar diversos campeonatos representando o Estado e inclusive sendo campeão do “Jungle Fight” (maior evento de MMA da América Latina). O rapaz que abandonou o esporte para entrar para o crime foi associado à facção “RDA” (Revolucionários do Amazonas).

Klinger ostentava o Cinturão dos Galos, conquistado por ele em 2019 após nocaute no primeiro round sobre o mexicano Jose Antonio Rodriguez Serrano, na Arena Poliesportiva Amadeu Teixeira.

Carregue mais por Jamille Santos
Carregue mais em Boletim de Ocorrência

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Bêbada, jovem se afoga mas consegue escapar da morte na praia da Ponta Negra

Uma jovem identificada como Maria Gabrielly da Silva, de 19 anos, quase morreu após se afo…