O Amazonas é um grande celeiro de atletas de todos os tipos, e mesmo durante um ano de pandemia, os lutadores conseguem se destacar e mostrar todo o seu talento, principalmente as estrelas que estão vindo do interior do estado.

No programa Mega Fight desta sexta-feira (18), Marcos Sabadin e Rony Kelly recebem dois atletas incríveis que deram um show no cage do Heroes Fight MMA nesta semana.

O Heroes Fight aconteceu na última quarta-feira (16) e teve nove combates de peso, onde se destacaram os atletas da RCT Coari, que serão entrevistados no programa Mega Fight.

Alexsandro ganha no peso mosca

Nas lutas casadas, o atleta Alexsandro Praia, vindo diretamente de Coari, mostrou que não veio para brincar na luta contra Tião Calixto, ganhando a sexta luta de sua carreira.

O atleta contou que sua preparação foi longa, mas estabilizada, contando com auxílio de nutricionista para bater o peso adequado para o combate, e toda essa preparação rendeu ótimos frutos.

Mesmo durante a pandemia, Alexsandro não descuidou do seu treinamento e se manteve focado, preparando o corpo para as lutas que virão. “Quando começou a pandemia foi tudo muito complicado, mas sempre mantive o foco, treinando em casa. Não é como na academia, que tem os seus parceiros pra te auxiliar, mas sempre mantive meu corpo ativo”.

Durante a luta, Alexsandro afirmou que a sua estratégia foi manter a calma e estudar o oponente no primeiro round. “Eu esperei, mantive o centro do octógono sempre chutando, e no segundo round eu cresci nele na trocação”, disse o campeão.

Agora o foco são nas lutas do ano que vem. Alexsandro, que já está voltando para Coari, afirma que agora irá descansar o corpo para se preparar para os próximos eventos, que podem acontecer em janeiro ou fevereiro.

Ruan é o campeão do GP

Outro entrevistado do programa desta sexta-feira (18) é o lutador Ruan Miqueias, também da RCT Coari, que foi o grande campeão da noite, conquistando o GP do peso galo.

O campeão mostrou toda sua força encarando dois atletas no GP e levando para casa o cinturão do evento. Ele diz que sua vitória se deve ao treinamento pesado realizado no RCT Coari e aos ensinamentos dos campeões internacionais Herbert Matagal e Milson Barão, também coarienses.

Na primeira luta, contra Thiago Freitas, Ruan falou que sentiu bastante o poder do jiu-jitsu do adversário, conhecido por sua competitividade, mas manteve a calma e conseguiu a vitória. Depois foi a vez de bater de frente contra Rodrigo Muralha, que acabou sendo uma luta bem mais casca-grossa.

“Tiveram que parar a luta umas quatro vezes pra garantir a integridade dos atletas”, disse Ruan. O campeão de Coari contou em entrevista que não gosta de machucar seus adversários, mas que acabou fazendo bastante dano no rosto de Muralha para conquistar o cinturão.

O desafio maior para o atleta foi lutar na categoria acima da sua, no GP de 61kg, mas o atleta mostrou para todos que o interior do amazonas tem bastante força e resistência. Com essas disputas, Ruan se mantém invicto com sete vitórias e está no aguardo para a próxima luta.

Não perca o programa Mega Fight nesta sexta-feira (18) a partir das 18h nas redes sociais da TV Maskate.