A mãe de Erikson da Silva Teixeira, que tinha 24 anos, ficou em choque ao reconhecer que o corpo encontrado no Ramal do Acará, bairro Lago Azul, zona Norte, pertencia ao filho dela.

De acordo com o Boletim de Ocorrência (BO), registrado na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), na noite de quarta-feira (13/01), às 23h55, o noticiante compareceu à delegacia para registrar o homicídio de seu filho.

Conforme relatado, os moradores ouviram disparos de arma de fogo e ao sair para verificar encontraram o cadáver do jovem. Segundo o declarante, a vítima trabalhava como pintor e não fazia ideia do motivo da morte do filho.

A DHES e o IML estiveram no local e darão continuidade às investigações.