O governador Wilson Lima inspecionou parte das obras do Anel Sul, que será o maior complexo viário de Manaus. Com investimento total na ordem de R$ 89 milhões, a obra está gerando cerca de 2.500 empregos diretos e indiretos.

O viaduto principal, com oito alças de acesso, tem previsão para ser entregue em dezembro.

Situado no entroncamento da avenida Torquato Tapajós com a Estrada do Tarumã e a avenida Arquiteto José Henriques, o Anel Sul vai facilitar o deslocamento entre a zona oeste e a zona norte da capital, desafogando o trânsito e reduzindo a circulação de veículos pesados, como caminhões e carretas, nas áreas centrais da cidade.

O complexo também permitirá a ligação direta entre o Distrito Industrial e o Aeroporto Internacional Eduardo Gomes.

Estrutura

O viaduto terá quatro alças externas e quatro alças internas, formando um trevo de oito alças, possibilitando mais alternativas para os motoristas se dirigirem em qualquer direção, sem a necessidade de semáforos.

O projeto também foi elaborado para levar em conta o crescimento da cidade em longo prazo e prevendo obras futuras como, por exemplo, o aumento do número de faixas na Torquato Tapajós.