No Campeonato Brasileiro da Série C “cada jogo é uma decisão”. A frase até parece um chavão velho e surrado, mas, na prática, sintetiza exatamente o que é uma das séries mais disputadas do País. Quem está em cima luta para se manter. Quem está fora do G4, quer entrar, e quem está na zona de perigo, o Z2, quer briga de forma desesperada para sair. Depois de um começo difícil no torneio, o MANAUSFC chegou ao G4 na décima terceira rodada após o empate em 1 a 1 contra o Paysandu (PA), no Mangueirão. Agora, a posição vai ser colocada à prova contra um postulante direto ao G4: o Ferroviário (CE). A partida será realizada neste sábado, 7/11, às 16h, na Arena da Amazônia, com transmissão pela Mycujoo e em áudio pela Manaus FC TV.

Apenas um ponto separa o Gavião do Norte e o Ferrão (18 a 17), por isso, vencer em casa é fundamental para se manter a posição na zona de classificação.  E não é só pela concorrência direta com o time cearense, a Jacuipense (BA) e Paysandu (PA), que se enfrentam no domingo, 8/11, no Pituaçu, em Salvador, também estão de olho na zona de classificação. Ciente disso, o técnico do esmeraldino, Luizinho Lopes, pede pés no chão.

“É preciso manter o nível de concentração que nós estamos tendo, sobretudo no segundo turno, a sequência de pontuação nos últimos jogos com vitórias. Na mesma altura do campeonato, no primeiro turno, nós tivemos muitos empates. A equipe está sendo mais eficaz, mas é o que eu venho falando: tão difícil quanto chegar ao G4 é permanecer. É manter os pés no chão, trabalhando com muita humildade e muita concentração, porque daqui pra frente é só final”, ressalta Luizinho.

Com informações da assessoria de imprensa do Manaus FC