Luanderson dos Santos Silva, 24, foi preso em flagrante após matar o próprio primo e ir até a Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Manacapuru registrar um Boletim de Ocorrência contra a vítima. Carlos Augusto Brandão da Silva, que tinha 27 anos, morreu após ser esfaqueado no tórax.

De acordo com o delegado Rodrigo Torres, titular do DIP, o crime de homicídio, ocorreu na madrugada desta terça-feira (28/07), por volta de 2h30, na rua Beira Rio, popularmente conhecida como Baixada Fluminense, bairro Terra Nova, município supracitado. Na ocasião, os dois estavam fazendo uso de bebida alcoólica, quando iniciaram uma discussão que resultou na morte da vítima.

 

Matou e foi na delegacia denunciar a vítima

Carlos Augusto foi morto com uma facada no tórax. Foto: Divulgação

Após esfaquear o primo, Luanderson saiu do local e foi até uma delegacia registrar uma denúncia de agressão física contra Carlos Augusto, sem saber que este já estava morto. O corpo de Carlos Augusto foi encontrado na residência em que os dois estavam pelos familiares deles, eles ainda tentaram socorrer o rapaz o levando para o hospital Lázaro Reis, mas no local os médicos somente atestaram o óbito.

Como também havia sido ferido na briga, Luanderson foi encaminhado pelos PMs para o hospital, lá eles foram informados do homicídio e deram voz de prisão ao homicida.

Luanderson foi preso em flagrante e autuado pelo crime de homicídio, após os procedimentos cabíveis ele deve ficar detido no presídio de Manacapuru, onde permanecerá à disposição da Justiça.