Um pai com o coração partido, mas cheio de força, luta em Parintins para fazer a filha voltar a enxergar. Essa é a história do mecânico José de Oliveira, 42 anos, e da universitária Franciane Cruz de Oliveira, de 19 anos. Nesta terça-feira,  ele nos contou os dez anos de batalhas por sua menina mais velha, abandonada pela mãe aos 4 anos, e cega desde os 9 anos após um acidente. “Meu grande sonho é devolver a visão da minha filha. E nunca vou desistir dele”.

Franciane perdeu a visão aos 9 anos, após ser atropelada por uma mulher que vinha de bicicleta pelas ruas da Ilha. “No dia do acidente eu achei que não era nada. Mas logo depois ela acordou dizendo que não estava enxergando. Foi quando eu mandei ela lavar os olhos e ela não conseguiu chegar na pia. Aí percebi que ela estava sem a visão”.

Entre idas e vindas a Manaus, José descobriu que só uma cirurgia poderia salvar a visão da filha. Sem dinheiro e passando por dificuldades financeiras, a meta de arrecadar R$ 100 mil parece um sonho distante para muitos, mas não para esse pai abnegado. “Chegamos em Manaus e eu não tinha nem dinheiro para comer. Só tinha o dinheiro da consulta”, relembra o trabalhador, que hoje sofre com problemas de pressão. “Peguei esse problema devido a tanta preocupação”, revela.

ORGULHO DENTRO DE CASA 

Franciane vale ouro na casa do senhor José. Apesar de todas as dificuldades, o mecânico refez a vida, se casou novamente e hoje é pai de 8 meninas. A jovem cursa Pedagogia e aprendeu Braile para estudar. “Meu sonho é ser professora e ajudar os deficientes, porque sei o que eles passam na vida. Não enxergo, mas eu percebo quando as pessoas não querem me ajudar”.

E com a fé que move montanhas a vaquinha começou nesta segunda-feira (7). Até agora arrecadaram R$ 50, mas para quem vence batalhas desde os 4 anos, essa é apenas uma etapa até mais uma vitória. A estudante do primeiro período vai em frente. “Meu sonho é enxergar de novo. Agradeço muito ao meu pai por seu meu herói, e quero um dia poder dar essa alegria para ele”.

AJUDEM!!

Quem puder ajudar essa família aí vão os meios: Pelo link http://vaka.me/1360480 ou depositando na conta bancária de José Soares de Oliveira agência: 0715, operação: 013, conta: 00063270-7.  Caixa Econômica Federal.