A partir desta quinta-feira, 1º, os medicamentos poderão ter reajustes de até 10,08% após o Conselho de Ministros da Câmara Regulação do Mercado de Medicamento (CMED) aprovar ontem (31), três tipos de aumentos para os insumos: 10,08%, 8,44% e 6,79%.

 

O reajuste, que acontece anualmente no mês de abril, varia conforme a competitividade das marcas no mercado. No ano passado, o setor de medicamentos não sofreu aumentos por 60 dias por conta da pandemia da Covid-19.

 

A decisão foi publicada ontem, 31, no Diário Oficial da União(DOU)