No mês de Agosto, pra todos os gostos de quem todo dia mata com golpe de lanças o leão da maldade, com a desenvoltura e o bom guerreiro de selva, que colhe satisfeito alguns frutos de sua semeadura quando esteve à frente da Suframa, o Coronel Menezão foi visto desembarcando, ontem no aeroporto de Brasília, com toda discrição possível. Isso mesmo, ele foi visto na quinta-feira, dia 13, circulando pela cidade projetada por Oscar Niemayer à captura de tudo que possa contribuir para sua operação de sua determinação de se tornar prefeito de Manaus e especialmente atrapalhar a vida dos que se atrevem a bloquear os atalhos dessa maratona de transformar a vida república no Amazonas, das quais somos testemunhas de tanta lambança e vingança que a alma humana, perversa e atenta, produz.

 Aliados e parceiros

A missão dessa romaria sigilosa, pois nem sua assessoria em Manaus sabia da viagem, são os presidente e o vice, Jair Bolsonaro e o general Mourão, seus companheiros de farda, cruz e copo e os contatos estratégicos de seu partido da frente e das costas de direita. O PRP do General Mourão lhe interessa de perto e de banda, para aglutinar aliados e afastar desafetos, leia-se a glorioso Josefa e deputados Alberto Neto, delegado Pablo no primeiro bloco Purgatório (onde as almas se salvam) e Silas Câmara, no segundo, que é mais perto do inferno.

General Mourão e Coronel Menezes, em Brasília

Glorioso general

 De quebra, com sua careca brilhando mais do que pão doce, Menezão, em sintonia fina e consistente afeto com o glorioso Mourão, o general, celebram em família o aniversário do vice-presidente – o Coronel Menezes e sua mulher são padrinhos de casamento do casal Mourão. Tudo isso será no sábado, dia 15 de Agosto.

Parceiro e camarada

O fato é que o Menezão anda rindo com as paredes e já até andou conversando reservadamente com o velho colaborador e sócio do Negão, Samuel Neves Hanan, graças à ligação providencial de Samuel para parabenizá-lo pela subida nas pesquisas do Colméia. Nossos colaboradores infiltrados trazem boas notícias da corte federal e alisam suas esperanças de disputar o segundo turno com o soberano Amazonino Mendes.

UM OLHO NO GATO E O OUTRO NO PRATO (BOX)
* Quando o Negão souber a notícia dando conta que o Menezão está em Brasília, não vai esconder o riso perverso de ironia.  David vai sair da sua sombra nas pesquisas.
* As últimas experiências de pleitos não foram das mais satisfatórias: a derrota para Wilson Lima e a debandada dos infiéis trouxeram mais problemas que vantagens reais.
* Seu bom humor tem a ver também com os boatos que dando conta de que o Buchada aceitou Artur e vai disputar a eleição com a Conceição Ninguém Sabe, Ninguém Viu.

* As coisas vão indo tão bem que nem o exagero da presença do Dr. Deodato nas cordas da sua rede com seu box de medicamentos conseguem lhe tirar do eixo.