Uma série de imagens nas redes sociais postadas desde segunda-feira mostram estudantes de Manaus fazendo “graça” com a máscara dada pelo Governo do Estado dentro das salas de aula. Eles estivam a EPI, fazem piadas e se divertem, mostrando que o retorno seguro e consciente passa longe da cabeça de muitos jovens.

Desde segunda-feira mais de 100 mil alunos estão em sala de aula na capital. Apesar da Seduc informar que tomou todas as medidas, o mais difícil parece ser controlar os alunos. É mais uma dor de cabeça para os professores, que precisam dar aula e ainda tomar conta dos curumins sem limites.

POSIÇÃO DA SEDUC

A Seduc informou em nota que está tomando todos os cuidados. “Durante todo o processo de retorno às aulas presenciais, as equipes da Secretaria de Educação são responsáveis pela orientação da necessidade do uso correto das máscaras e obrigatoriedade da mesma dentro da sala de aula. Não é permitida a entrada de estudantes sem máscara. […]”.

A Seduc informou que está orientando ao máximo que pode. Lembrando que os pais também são responsáveis pela educação dos filhos. “Quanto às normas de distanciamento dentro das escolas, todas as as unidades estão sinalizadas e orientadas a evitar aglomerações inclusive com as quadras esportivas e áreas comuns fechadas. Em relação a área externa da escola, a Secretaria de Educação também orienta a necessidade de evitar aglomerações na frente da escola, mas não é responsável pelos estudantes a partir da saída”, explicou a nota.