O trânsito em Manaus fez mais uma vítima fatal nesta terça-feira (1º). Silas Campos Caldas de 46 anos, morreu no Hospital 28 de Agosto após ser atingido por um carro pela manhã. O veículo atravessou a pista vindo no sentido bairro Centro e atingiu a vítima do outro lado, em cima da moto.

Alan Alex Souza de Menezes, de 46 anos, condutor do carro, pagou R$ 5 mil e foi liberado. Já a vítima, perdeu a vida e deixou quatro filhos órfãos, já que a mãe das crianças morreu há três anos em um latrocínio.  Não se sabe porque Alan perdeu o controle do veículo.

Foto: Divulgação

Silas estava a caminho da casa de uma cliente, já que era mototaxista e tinha uma corrida agendada. Na frente do Hospital onde ele morreu, a cunhada, identificada como Leonice, pediu justiça. “Esse rapaz precisa pagar pelo que fiz. Meu cunhado, a vida dele, não volta mais. Porém ficaram quatro filhos que agora não têm mãe e nem pai, que era quem cuidava na ausência da mãe”.

A mãe morreu há três anos, no Bairro da Paz, ao reagir a um assalto. Silas usava a moto para se sustentar e criar os filhos. O corpo dele foi jogado na calçada após o impacto. Apesar do socorro do Samu, o trabalhador faleceu vítimas dos ferimentos.