A maternidade Dr. Moura Tapajóz, da Prefeitura de Manaus, inaugurou nesta quinta-feira (3) o primeiro quarto preparado especialmente para as parturientes indígenas que chegam à unidade hospitalar, administrada pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), localizada na Compensa, zona Oeste.

O espaço conta com rede e decoração temática ligadas às culturas tukano, saterê-maué, kokama e ticuna. O quarto será usado caso a paciente faça opção por realizar seu parto de cócoras, com as mãos apoiadas na rede, e todo o protocolo de atendimento será adequado às tradições e necessidades da mulher indígena.

Conforme a diretora da maternidade, Núbia Pereira da Cruz, foram feitas adequações nas instalações de acordo com especificidades étnico-culturais.

Segundo a enfermeira Leidiane Nobre, técnica do Núcleo de Saúde dos Grupos Especiais, da Semsa, a implantação de uma sala indígena de parto humanizado é de grande importância, pois possibilita à gestante um espaço adequado para esse momento singular.