A 42ª edição do Mr. Cage prometeu e cumpriu, as lutas foram inacreditáveis do começo ao fim e deram um gostinho do que vem pela frente no MMA aqui do Amazonas e também do resto do país.

Fotos: Winnetou Almeida

A competição teve início com o desafio de jiu-jitsu, em que Jean Silva levou a melhor sobre Octávio Almeia. Logo em seguida o combate entre os estreantes Jhonatha Frazão e Dacid Endrew terminou no primeiro round com finalização de mata leão, garantindo a vitória para Jhonatha.

Humbertinho Freitas derrotou Enersto Bob Marley aos 4 minutos do primeiro round por nocaute técnico e disse que está pensando em desafios Jeferson Pedra “se estiver no páreo, eu estou dentro”!

Fotos: Winnetou Almeida

Na terceira luta da noite, Alex Malandrinho, de Nova Olinda do Norte, teve que substituir de última hora o lutador Jocinei Alencar, que teve que abandonar a luta por problemas de saúde em sua família. Mesmo não tendo tempo para estudar o adversário surpresa, Railson Paixão de Coari acabou vencendo a disputa no primeiro round, com uma finalização guilhotina.

O combate entre Luana Crazy e Jaqueline Amorim terminou rápido, após um minuto do primeiro round. Jaqueline finalizou a adversária com uma chave de braço e conquistou a vitória em sua estreia no MMA. “A gente sempre treina muito a estratégia de fazer meu jogo e botar pro chão”, explicou a vencedora.

Fotos: Winnetou Almeida

Rogério Garotão derrotou Rafael Cacique por nocaute técnico no segundo round após aplicar uma série de golpes precisos na perna esquerda do adversário, que ficou desestabilizado.

Os destaques da noite

Uma das lutas mais impressionantes da noite foi o confronto entre Evandro Bolachinha, de Minas Gerais, e Arcangelo “Anjo” Soares, de Manaus. O mineiro ganhou por decisão dividida após 3 rounds de luta equilibrada. Os organizadores do Mr. Cage afirmaram que já esperavam que aquela seria uma das melhores lutas da noite. “A luta mostrou que os dois têm um futuro brilhante pela frente”, afirmou Samir Nadaf, CEO do Mr. Cage.

Fotos: Winnetou Almeida

O co-main event entre os pesos pesados Fabrício Pitbull e André Monstro foi uma das maiores surpresas. Grande parte do público esperava que o embate entre os titãs fosse terminar em nocaute, mas os lutadores aguentaram os golpes ao longo de 5 rounds, até o baiano André Monstro levar para casa o cinturão por decisão unânime.

André elogiou a performance do adversário e disse agora estar na expectativa para o confronto contra Gerônimo Mondragon, também da Bahia.

Fotos: Winnetou Almeida

Para finalizar, o evento principal trouxe a tão esperada luta entre Ketlen Esquentadinha e a desafiante Day Monstro. Day conseguiu machucar a perna de Ketlen ainda no início do round, e a partir daí foi fácil para a guerreira conquistar o tão sonhado cinturão do Mr. Cage.

Fotos: Winnetou Almeida

Caso tenha perdido a transmissão ao vivo da luta, é possível assistir os combates gravados por meio do facebook da TV Maskate.