Mesmo sem a presença do público, por conta da pandemia da Covid-19, os times amazonenses seguem em busca de mais um troféu na temporada e pela superação de um tempo difícil no esporte.  Nacional Futebol Clube e Manaus FC duelam neste sábado (8) em busca de uma vaga na grande final do Campeonato Amazonense, o Barezão, às 16h,  na Arena da Amazônia. A vantagem é do Manaus.

O Leão da Vila Municipal precisa reverter o placar da última partida de 3 a 0, e necessita marcar quatro gols de diferença para garantir uma vaga na final.

O comandante do “Mais Querido”, Alan George, falou sobre o preparo do elenco para esse jogo de volta. Segundo Alan, o plantel precisa jogar com mais intensidade.

“Temos observado algumas ações do último jogo, precisamos tirar essa diferença para que a gente possa avançar, e se garantir na final da competição. Essa semana tenho preparado a equipe para não cometer as mesmas falhas do jogo passado, de olho no Manaus, que tem transição de passes rápidos. Estamos trabalhando para darmos nosso melhor”.

Para o técnico, Alan George, será uma partida difícil, mas, não impossível. “A partida diante do Manaus será difícil, pois precisamos finalizar quatro gols, mas não é impossível. Nossa vontade é classificar, todos querem isso, por isso, a equipe continua com o mesmo foco e determinação de vencer”, finalizou.

Manaus FC confiante

O clube possui a vantagem após ter vencido o Nacional por 3 a 0, no primeiro dia de maio, no Ismael Benigno. Manaus e Nacional ao longo da história possuem confrontos marcados pelo ritmo intenso, muita entrega e jogos emocionantes.

Até aqui, em 19 jogos o Gavião do Norte venceu seis vezes e empatou quatro. Pelo lado Esmeraldino, são 21 gols marcados (média de um por confronto).

O comandante Luizinho Lopes, revelou que este é momento de consagração da equipe e ir em busca da vaga na decisão.

“O Nacional é uma equipe tradicional da região Norte, total respeito, mas vamos buscar impor nosso ritmo e buscar nosso objetivo”, declarou o treinador Luizinho.

O clube também anunciou oficialmente seus novos uniformes para a temporada. O presidente Luis Mitoso deu mais detalhes sobre o novo manto. ” O Manaus têm feito uma história construída por você também, que acredita em nosso trabalho e apoia o clube. Hoje chegamos aos oitavo ano. Não tem sido fácil. Este ano de 2021 será marcado por um ano difícil, pois mais uma vez, não teremos os torcedores na arquibancada para apoiar o time, mas juntos, vamos superar tudo isso. Nosso novo uniforme está sendo desenvolvido com a “Icone”, uma empresa de Espírito Santo, e antes da Série C começar, após serem resolvidas questões contratuais, deveremos tê-lo disponíveis”, revelou.

O presidente Mitoso reforçou ainda que cada uniforme terá uma numeração de série, fazendo que o torcedor que adquira seu manto, se sinta especial por possuir um produto único no clube.

“O torcedor infelizmente ainda não pode estar presente na arquibancada, mas, existem outras formas de ajudar o clube. Temos nossas redes sociais, os ingressos virtuais, o sócio torcedor, a loja do clube, portanto, prestigiem o clube, pois assim continuaremos fazendo história, e não construiremos isso sozinho, queremos contar com você torcedor, vamos fazer um esforço conjunto, e juntos continuar fazendo história”, finalizou.