A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da equipe de investigação da 36ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Rio Preto da Eva (distante 57 quilômetros em linha reta da capital), prendeu, nesta quarta-feira (05), por volta das 9h, Daniel Curte Cajueiro, 25, pelo crime de tráfico de drogas. A prisão ocorreu na rua Raimundo José de Souza, bairro Carlos Braga, naquele município.

A investigação, coordenada pelos delegados Sylvia Laureana e Carlos Alberto Alencar, titular e adjunto da unidade policial, respectivamente, durou cerca de 13 dias, desde que foram recebidas denúncias anônimas sobre um possível tráfico no endereço mencionado. A partir de então, equipes policiais realizaram campana próxima da residência do homem.

De acordo com a delegada Sylvia Laureana, quando a equipe chegou à residência do indivíduo, o mesmo afirmou que lá não havia drogas e permitiu que a equipe policial fizesse a revista na casa. Os investigadores entraram e, durante as diligências, não encontraram nada.

Investigação – Ainda conforme a autoridade policial, durante as investigações, a equipe constatou que o mesmo se deslocava com certa frequência, durante o dia e a noite, para uma casa, aparentemente abandonada, que ficava na mesma rua de sua residência. Então, os investigadores levaram o indivíduo até o endereço para realizar buscas.

“Ele apresentou muito nervosismo, mas permitiu a verificação do local, informando que lá não havia nada. Durante minuciosa revista, no forro da casa, foram encontradas três pedras grandes de oxi, duas porções grandes de maconha, 25 cápsulas com pó, aparentando ser cocaína, e uma balança de precisão”, explicou Sylvia.

Procedimentos – A delegada revelou que, após o indivíduo assumir a posse do material, alegando que a casa era de um parente dele e que usava o imóvel apenas para guardar o entorpecente, o mesmo foi levado à unidade policial. Após os procedimentos cabíveis, o homem ficará detido na 36ª DIP e permanecerá à disposição da justiça.