As equipes de investigação da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Eirunepé, em ação conjunta com policiais militares da cidade, efetuaram, na manhã da última sexta-feira (30/10), por volta das 6h, as prisões, em flagrante, dos irmãos indígenas Aki Aguiar Kulina, 36, e Wara Kulina, 38, pelo crime de homicídio do também indígena, Jibamar Tonoro Kulina, que tinha 50 anos, e pela tentativa de homicídio de Edir Pedro de Souza, 53. Os irmãos foram presos próximo às margens do lago Português, naquele município (distante de 1.160 quilômetros em linha reta a capital).

De acordo com o investigador Gonzaga Júnior, gestor da DIP, o fato ocorreu no bairro Nossa Senhora de Fátima, naquele município, quando os envolvidos consumiam bebidas alcoólicas, ocasião em que iniciaram uma briga, resultando nos delitos mencionados.

Investigador Gonzaga Júnior (Foto: Divulgação/PC)

“Os autores foram presos no momento em que tentavam fugir para uma aldeia. Na ocasião, eles iam evadir-se por dentro da mata, quando realizamos, junto com a guarnição da Polícia Militar, um cerco policial e os capturamos”, comentou o investigador.

Conforme o gestor, a vítima que veio a óbito ainda conseguiu desferir golpes de faca nas costas de Aki, o que dificultou a fuga dos autores.

Procedimentos – Os autores irão responder pelos crimes de homicídio e tentativa de homicídio. Após os procedimentos cabíveis, eles foram encaminhados à carceragem da unidade policial, onde ficarão à disposição da justiça.