Na tarde de ontem, 31, o governador do Amazonas, Wilson Lima, anunciou os novos ajustes de medidas de restrição do Estado, em razão da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Em novo decreto, que passa a vigorar na próxima segunda-feira (5) e terá validade de 15 dias, ficam ampliados os horários de funcionamento de restaurantes, bares e lanchonetes e os serviços de delivery até as 23h. A restrição de circulação de pessoas passa a ser de 0h às 6h.

De acordo com o Wilson, as novas mudanças serão acompanhadas pela Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS) e são passíveis de alterações conforme avaliações dos números epidemiológicos.

As mudanças do novo decreto são:

  • Restrição de pessoas de 0h às 6h;
  • Escritórios com funcionamento entre 8h às 16h, de segunda a sexta, com apenas 50% de ocupação;
  •  Shoppings e galerias funcionam das 9h às 17h;
  •  Bares podem funcionar das 6h às 23h, de segunda a sábado, com capacidade de 50%. Serviços de delivery liberado por 24h e modalidade drive-thru das 6h às 23h. Aos domingos, das 7h às 16h
  •  Flutuantes com funcionam como restaurantes podem funcionar das 9h às 16h, sem música ao vivo e com 50% de ocupação, de segunda a sábado
  •  Balneários podem funcionar de segunda a domingo, das 7h às 16h, com 50% de ocupação
  •  Colégio Militar de Manaus, administrado pelo Exército, liberado para retorno das aulas
  •  Liberado retorno de aulas presenciais em escola de ensino médio e cursos livres da rede particular
  • Marinas autorizadas a funcionar das 6h às 16h, de segunda a domingo
  • Transporte de embarcações a jato poderá ser realizado com 70% de ocupação, especificamente para viagens de até 1  hora de duração

Durante o anúncio, o governador informou que profissionais de segurança que atuam na linha de frente, como transporte de pacientes e fiscais do decreto governamental terão um percentual de vacinas para a imunização contra a Covid-19. Sobre o horário da vacinação durante a Semana Santa, Wilson alertou que somente a Sexta-feira Santa não terá atendimento ao público.