Um novo decreto do Governo do Amazonas, anunciado hoje (23), determina que a partir do dia 26 de dezembro de 20 até 10 de janeiro de 2021 todo comércio e estabelecimentos que não são essenciais funcionarão somente por drive-thru e delivery com horário limite de 21h, os shoppings se incluem nesse quesito.

Eventos, casamentos e formaturas estão proibidos. Reuniões comemorativas estão suspensas. Feiras e mercados vão abrir com horários que serão estabelecidos. Hotéis poderão abrir, mas os restaurantes deverão atender somente os hóspedes. Locais públicos não será permitido a abertura.

“Na rede pública, temos 94% dos leitos ocupados. O aumento destes casos de Covid tem relação com eventos que geram aglomerações. Também tem as festas clandestinas que tem acontecido com muita frequência em Manaus”, disse o governador, que pontuou que “Muitos estão levando o vírus para os pais, para os avós e” e superlotando a rede pública de saúde.

Festas estão proibidas e festas clandestinas serão fechadas, equipamentos e aparelhagem de som serão recolhidos, assim como bebidas e outros acessórios, além de multas.

A coletiva ocorreu após reunião do Comitê de Enfrentamento à Covid-19, com a presença do governador Wilson Lima, além de representantes dos poderes e da sociedade civil.