Na manhã desta segunda-feira (21), ônibus de diversas empresas paralisaram suas atividades parcialmente entre as 5h e 8h, prejudicando passageiros na capital amazonense.

A ação suspendeu as atividades de cinco empresas. Os rodoviários cobram pagamento da segunda parcela do 13º salário e do adiantamento quinzenal. Eles só acabaram a manifestação após empresas sinalizarem uma negociação.

O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Amazonas (Sinetram) disse que não foi avisado previamente sobre a ação dos rodoviários, e que por isso irá tomar medidas judiciais.