Pacientes submetidos à cirurgia oncológica eletiva na Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon) passarão por teste para Covid-19 antes do procedimento.

A nova medida começa a vigorar a partir desta terça-feira (8) e visa a prevenção e segurança das pessoas em tratamento.

Teste positivo

Há duas situações no caso de teste positivo. Na primeira, com o IgG positivo (quando o indivíduo já tem anticorpos contra o vírus), o médico do paciente fará a avaliação pré-operatória para decidir se o paciente poderá ou não realizar o tratamento cirúrgico.

Na segunda hipótese, quando o paciente tiver IgM positivo (quando o indivíduo teve contato recente com o vírus), o mesmo será orientado a retornar para a sua residência, permanecer em isolamento social e, depois de 14 dias, retornará à FCecon para remarcar a consulta para avaliar a realização da cirurgia.