O governador Wilson Lima assinou decreto autorizando o pagamento do abono do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) para 26,7 mil servidores da Secretaria de Estado de Educação e Desporto.

O abono varia R$ 4 mil a R$ 12 mil e, pela primeira vez na história, vai contemplar servidores técnicos e administrativos, além de professores e pedagogos.

No total, serão destinados R$ 142,6 milhões para o abono do Fundeb, que será pago no dia 29 de dezembro para os servidores funcionalmente vinculados e lotados na Seduc e que estejam no exercício de suas atividades.

Valores

Esse é o segundo maior valor em abono pago aos servidores da Seduc e, de forma inédita, vai contemplar pessoal técnico e administrativo, que receberão parcela única de R$ 4 mil.

Para os professores e pedagogos, o abono também será quitado em parcela única, no valor de R$ 4 mil para cada 20 horas de trabalho. Isso significa que profissionais com vínculo de 40h receberão R$ 8 mil e aqueles com vínculo de 60h, R$ 12 mil.

Para garantir o pagamento de abono a todos os servidores da Educação, as despesas correrão à conta das dotações do próprio Fundeb, observados os limites fixados pela lei, e de recursos próprios do Tesouro Estadual. O decreto assinado pelo governador Wilson Lima autoriza essa complementação financeira do Estado.