Após passar a tarde buscando o corpo da criança, a Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), afirmou que retoma hoje (16/12), as buscas pelo corpo do bebê jogado pelo padrasto em um igarapé do bairro Alfredo Nascimento, zona norte de Manaus, fato que foi confirmado pelo acusado.

De acordo com o delegado Antônio Cláudio Teixeira, titular do 13º Distrito Integrado de Polícia (DIP), Vanderson Mesquita dos Santos, foi preso, na madrugada desta terça-feira (15), acusado de tráfico de drogas.

Já na delegacia, a companheira dele disse que o homem teria jogado uma criança de dois meses, enteada dele, em um igarapé, no bairro Alfredo Nascimento, zona norte de Manaus, fato que foi confirmado pelo acusado.

“Ele não aceitava o fato de ela ser fruto de outra relação da mulher. Isso despertou o estado de ira nele, associado ao fato de ciúmes que ele tinha com a pessoa. Ele pegou a criança com vida, enrolou em um pano, foi até o igarapé e jogou. Depois, ele contou para mulher tudo o que fez. Ela pede a filha de volta, só que aí já é tarde demais e ele diz que a correnteza já levou a criança”, disse o delegado.

Diante da situação, as equipes entraram em diligência e iniciaram as buscas pelo corpo do bebê, que foram suspensas, no final da tarde desta terça-feira, por conta do horário.

Segundo informações do Cobom, o CBMAM foi acionado pela Polícia Civil às 15h27 para apoiar nas buscas do corpo no igarapé da Reserva Adolpho Ducke. No local, temos as equipes da Auto Bomba Tanque (ABT do Batalhão de Incêndio Florestal e Meio Ambiente – BIFMA), do Cis Grande Circular e do Apoio Rápido.

 

 

Foto: Divulgação/Fábio Costa