Dois indivíduos foram presos pela Polícia Federal na noite de sexta-feita, 2, transportando aproximadamente 3 toneladas de minérios sem a devida documentação de origem. De acordo com os policiais do Batalhão Ambiental da Polícia Militar, os suspeitos foram abordados carregando Vivianita e Ametista, produtos de origem mineral pertencente à União.

A Vivianita, que possui uma coloração verde semelhante à esmeralda, é um mineral raro e bastante colecionado por colecionadores. Além disso, a exploração desses materiais exige autorização da lavra pela Agência Nacional da Mineração e da Nota Fiscal respectiva. Sem apresentar esses documentos, a PF efetuou a prisão em flagrante dos indivíduos com indiciamento pelos crime de usurpação de bem da União.

Os minérios foram apreendidos e serão submetidos a exames periciais para posterior destinação legal, enquanto que os presos foram encaminhados ao Centro de Detenção Provisória Masculino, para que lá
permaneçam à disposição da Justiça Federal do Amazonas.