Uma operação conjunta entre policiais da Base Arpão e as Polícias Civil e Militar de Coari, deflagrada nesta quarta-feira (26/08), resultou na morte de três ‘piratas dos rios’ e na prisão de outros dois criminosos. Um dos mortos é Jardel Pinheiro Gomes, de 19 anos, vulgo “Kael”, suspeito de estuprar e esquartejar uma turista britânica em setembro de 2017, em Coari (a 363 quilômetros de Manaus).

Na manhã desta quarta, a operação foi deflagrada na região onde ocorreu um confronto de piratas, na comunidade Lauro Sodré. O local é o mesmo onde o caiaque usado pela britânica Emma Kelty foi encontrado depois que a turista desapareceu no rio Solimões. A vítima de latrocínio tinha 43 anos.

Ao chegar a casa de um dos alvos da operação, os policiais foram recebidos a tiros. No confronto, os “piratas” foram atingidos, sendo socorridos e levados ao hospital do município, onde vieram a óbito, de acordo com o delegado José Barradas Júnior, titular da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Coari.

 “A operação tinha como objetivo o cumprimento de mandado de prisão em desfavor de ‘piratas dos rios’ que agiam na área de Lauro Sodré e outras comunidades adjacentes. Os presos foram trazidos para a Delegacia de Coari, onde vão responder a processo e depois serão encaminhados ao presídio onde ficarão à disposição da Justiça”, afirmou o delegado.

Com os suspeitos foram encontradas três armas de fogo, sendo uma espingarda, um revólver e uma escopeta, 28 porções de entorpecentes e munições. Além de “Kael”, foram mortos no confronto Ronaldo Magalhães, 18, e Thiago Santos Rios, 17.

FOTO: DIVULGAÇÃO/PC-AM

Presos – Foram presos, na operação, Arthur Gomes da Silva, de 29 anos, e Erenilson Ferreira da Silva, de 26 anos. Este último é também suspeito de crime de receptação dos objetos da turista britânica e ambos vão responder por tráfico de entorpecentes.

De acordo com o delegado José Barradas, a polícia está à procura de outros dois envolvidos com o grupo criminoso. Erinei Ferreira da Silva, vulgo “Alfinete”, e Erimar Ferreira da Silva são procurados por tráfico de drogas e associação criminosa.

Quem tiver informações que levem à prisão da dupla criminosa pode ligar para o 181, o Disque-Denúncia da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) ou para (92) 98200-0184, da Polícia Civil em Coari.