Hudson Pereira da Silva e o auxiliar de manutenção Nailson de Souza Rocha, que tinha 32 e 31 anos, respectivamente, morreram na madrugada desta segunda-feira (27), vítimas da arma de arma de fogo rua Dom Jackson Damasceno, bairro Petrópolis, zona Sul de Manaus.

De acordo com testemunhas, o alvo seria Hudson, mas no momento do atentado, Nailson que teria saído de casa para comprar lanches para os filhos, conforme depoimento da esposa dele, e acabou sendo atingido pelos disparos.

Hudson morreu no local, já Nailson chegou a ser socorrido e levado para Hospital e Pronto-Socorro (HPS) 28 de Agosto, mas não resistiu ao ferimentos e morreu na unidade hospitalar. Nailson tinha uma passagem por roubo, mas segundo a esposa era trabalhador e não teria motivos para ser morto.

A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) investiga o crime.