Augusto da Silva Campos Jacquiminout, foi preso temporariamente suspeito da morte do cantor Romário de Jesus Santiago, o ‘Romarinho Mec, vocalista do Forró Di Respeito, no dia 9 de setembro.

Segundo o delegado Charles Araújo, da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), Augusto e pelo menos mais três pessoas, que não foram presas, estava no dia do crime do cantor. Além do carro apreendido durante a prisão de Jacquiminout, outros veículos envolvidos estão sendo procurados.

A Polícia disse ainda que já possui diversas provas, mas que não podem ser divulgadas para que criminosos não as usem para seu benefício: “Não vamos dar o ouro aos bandidos”, destacou Charles Araújo.

A motivação do crime não foi divulgada.