Motoristas e cobradores de ônibus do transporte público de Manaus paralisaram parte da frota na manhã desta sexta-feira (12). O ato teve início por volta das 10h no terminal de ônibus 1, na Avenida Constantino Nery, na Zona Centro-Sul da capital. Os motoristas colocaram os ônibus em fila e paralisaram as atividades. O número da frota afetada ainda não foi informado.

O Sindicato dos Trabalhadores informou que a categoria decidiu paralisar as atividades para cobrar benefícios que estão em atraso.

Protesto

Segundo eles, a greve é por conta de atraso e que a categoria está revoltada pela falta de pagamento da cesta básica e do ticket alimentação, que estariam em atraso há 50 dias.

Os motoristas pararam os ônibus no Terminal 1, na avenida Constantino Nery. Outras paralisações pontuais poderão ocorrer a qualquer momento.

Em Nota

O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas Transporte Coletivo (Sinetram) informou que “não foi notificado e desconhece os motivos da paralisação”. O Sinetram informou ainda que “está mantendo diálogo com o Sindicato dos Rodoviários para que o funcionamento do transporte coletivo volte ao normal”.

O sindicato ressaltou que os trabalhadores decidiram paralisar as atividades por conta própria e aguarda respostas das empresas.