Home Boletim de Ocorrência Por drogas e gandaia, pistoleiro cumpriu ordem de matar de Lucas Ramon

Por drogas e gandaia, pistoleiro cumpriu ordem de matar de Lucas Ramon

2 min ler
0
0
1

A vida do sargento Lucas Ramon da Silva Guimarães, de 29 anos, foi ceifada por R$ 65 mil, usados por Silas Ferreira, de 26 anos, para comprar muita droga e passar noites na gandaia. A informação foi dada por ele mesmo para a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

De acordo com o delegado Ricardo Cunha, o suspeito contou que recebeu o valor em espécie momentos antes do crime, e que passou todo esse tempo usando o dinheiro para comprar uma motocicleta de R$ 5 mil, que o levava para noites em festas e para consumo de drogas.

O delegado disse ainda, que Silas confessou que uma facção criminosa que atua no Amazonas estava lhe dando todo suporte para as fugas. Nos último dias antes da prisão, realizada na noite de segunda-feira (22), o suspeito já teria gastado todo dinheiro e buscava casa de parentes para se alimentar.

Após ter a prisão temporária expedida, Silas deve ir ainda hoje para um dos presídios da capital, onde os supostos mandantes do crime, Joabson Gomes e Jordana Freire, fizeram uma rápida passagem.

O caso continua em investigação.

Foto: Jhonatha Barros

Saiba mais:

R$ 65 mil foi dado para pistoleiro matar sargento Lucas

Depoimento de pistoleiro deve esclarecer toda verdade sobre morte de Lucas Ramon

Carregue mais artigos relacionados
Carregue mais por Márcia Monteiro
Carregue mais em Boletim de Ocorrência

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Se encheu de cana e tentou matar a mãe de 90 anos

Um idoso de 63 anos foi preso suspeito de tentar matar a própria mãe, após chegar embriaga…