O novo vilão do bolso do amazonense é o tijolo. Parece que o produto virou ouro 18 quilates. Nas redes sociais o milheiro não são por menos de R$ 900, e há bem pouco tempo custava R$ 500. A situação é tão crítica que o Procon foi acionado e fez uma visita surpresa às lojas de material de construção. No rastro desse aumento vem a diminuição dos empregos, já que a área de construção civil é das que mais gera vagas no Estado. No embalo do tijolo vai também o cimento. Não faltava mais nada. Ou ainda falta?

PRESÍDIOS SOB NOVA DIREÇÃO

A famigerada Umanizzare está pegando o beco do Amazonas. Foram precisos dois massacres para que o Governo do Estado resolvesse entender que os milhões gastos estavam se transformando em genocídio. Só não dá pra garantir que a situação vai mudar. Até porque os presídios superlotados e o comando entregue nas mãos dos bandidos não são privilégio do Amazonas. Nem o ex-prefeito de Nova York, contratado por Amazonino Mendes, foi capaz de organizar o cabaré. Durango Kid só existe no gibi.

HÁ PERIGO NAS RUAS

A filmagem da morte de uma jovem, a decapitação de outra e o desparecimento de mais uma esta semana dão bem a dimensão do que acontece no Amazonas. Meninas com tanto futuro pela frente estão abreviando as vidas, seduzidas pelos bandidos. Um luto para as famílias e um alerta para os pais que ainda têm o controle sobre os filhos. Todo o cuidado é pouco.

11 MILHÕES

O IBGE atualizou os números e disse que  Brasil tem 15 milhões de analfabetos. Pessoas de até 15 anos que não sabem ler e escrever. É a exclusão total do cidadão da sociedade. Do direito de pensar e ver o futuro melhor. Desafio e tanto para o novo ministro da Educação. O atraso é gigantesco.

SBT

A transmissão do FlaxFlu derrubou a audiência do Jornal Nacional, que perdeu para o SBT de goleada. Silvio Santos ainda vendeu seis cotas de 7 milhões em patrocínio. Ganhou o SBT, o Flamengo e a torcida. Perderam o Fluminense e a Rede Globo, que pagou pelo campeonato e não transmitiu a final.

 

NINGUÉM MERECE

Neste momento a Assembleia Legislativa do Amazonas trabalha na CPI da Saúde, na CPI da Seduc e no impeachment.

Praça do Eldorado bateu todos os recordes de aglomeração de Manaus no FlaxFlu.

Nem a rua do Fuxico foi páreo diante da multidão de flamenguistas destemidos.

Apesar do anúncio para novembro, Boi de Parintins não tem data para sair do curral.

Assim como não há previsão para Carnaval, Ano Novo e festas de Natal.