Já não bastasse o Estado em calamidade pública, com os comércios fechados, sem poder trabalhar e sem auxílio emergencial, o governo sem pena mete no rabo da população e aumenta pela 11ª vez o valor do Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) – o popular gás de cozinha. Com reajuste de 6%, se o brasileiro não morrer de Covid-19, morrerá de fome. O reajuste passou a valer nesta quinta-feira (7).

A botija de 13kg nunca esteve tão cara, com o reajuste o valor praticado pela Petrobras irá a R$ 35,98 na refinaria. A botija que estava custando R$ 85, desde o último reajuste em dezembro do ano passado, pode chegar à mão do consumidor no valor de R$ 150 a R$ 200 de acordo com o Associação Brasileira dos Revendedores de GLP.

Agora para onde o caboco corre se mais uma vez, fica entre a cruz e a espada! Se comprar a comida, como vai comprar o gás? E o pior, se comprar o gás, vai cozinhar que comida?  Parece que vamos ter que recorrer ao Etanol e ao fogão de lenha.