O Governo do Amazonas informou nesta segunda-feira (1) que tem garantido o funcionamento dos restaurantes e cozinhas populares do projeto Prato Cidadão, mesmo durante o período de restrições adotadas pelo estado para conter a disseminação da Covid-19. Os restaurantes populares são coordenados pelo Governo, por meio da Secretaria de Assistência Social (Seas).

De acordo com a assessoria, o atendimento nas sete unidades, espalhadas por todas as zonas de Manaus, acontece de segunda a sexta-feira, das 11h às 13h, para retirada da refeição no valor simbólico de R$ 1

Protocolos de segurança 

O Governo informou que tem trabalhado para  que a população possa fazer a retirada da refeição em segurança, protegendo também os envolvidos no projeto com uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e cumprindo os protocolos estabelecidos pelas autoridades da área de saúde.

Projeto

O Prato Cidadão é um projeto que atende a população do estado há anos com o fornecimento de refeições de baixo custo. “Temos sete unidades de Equipamentos Públicos de Segurança Alimentar, que são quatro restaurantes populares e três cozinhas populares. Nas cozinhas a gente fornece sopa de forma gratuita, e nos restaurantes nós temos a refeição completa no valor de R$ 1”, disse a gerente de Segurança Alimentar.