O prefeito de Manaus, David Almeida anunciou o uso de quatro Unidades Básicas de Saúde (UBSs) móveis para ampliar o atendimento à população e conter o novo pico de casos da Covid-19 na capital amazonense.

A partir dessa terça-feira (5), quatro UBSs móveis passarão a ser utilizadas para reforçar o sistema em bairros com maior porcentagem de contaminações.

O chefe do executivo municipal participou de reunião com o governador do Estado, Wilson Lima, e representantes do Ministério da Saúde (MS), na manhã desta segunda-feira (4).

Parceria com o governo estadual

Acompanhado pela titular da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), Shádia Fraxe, o prefeito voltou a solicitar ao Ministério da Saúde o credenciamento do hospital Nilton Lins para receber apoio federal. A unidade hospitalar conta com mais de 350 leitos, que serão utilizados no atendimento básico.

Diante do crescente número de casos registrados na cidade, o chefe do Executivo municipal pregou a necessidade do trabalho conjunto entre os governos municipal e estadual.