Foi dada a largada e quem não se apressar vai comer poeira. O Parazinho que não é besta nem nada, vem fazendo movimento dignos de um exímio jogador de xadrez, e nós eleitores somos as peças, já de olho na sua reeleição em 2022.

 

ELEIÇÕES 2022

Ainda na terça-feira (16), Wilson Lima já começou a mexer os pauzinhos e fazer mudanças. Primeiro ele mudou a composição da sua base na ALE-AM e no secretariado. Como tirar Alessandra Campêlo da Assembleia para comandar a Seas e acomodar em seu lugar, Angelus Figueira (DC).

 

FOCO NA CAPITAL?

Que nada! Mesmo afirmando que o foco é a capital, Lima sabe que aqui as coisas ficaram bem sérias ao enfrentar a maior crise do seu governo: a Pandemia. Então ele já começa a fazer movimentos que levam seu nome para o interior e periferias, aqui é onde entram o Figueira e a Alessandra.

 

MEXENDO OS PAUZINHOS

Na noite de ontem (16), o governante reuniu com 14 vereadores da Câmara Municipal de Manaus (CMM). Nada de dividir e conquistar, a parada aqui é fazer aliados, com interesses em comum.

 

MÁQUINAS MORTÍFERAS

É uma jogada de mestre marcar um encontro com a base do prefeito. Imagine as duas maiores máquinas do estado juntas em 2022. Atropela qualquer um! E o fato de o líder de David na CMM, Marcelo Serafim (PSB), ter participado já mostra um horizonte.

 

INTERIOR

Wilson tem ido aos interiores, visto de perto as famílias vítimas da cheia e acompanhado o processo de vacinação. Por mais distantes, os municípios ainda são um bom eleitorado, se, manuseado com sabedoria.

 

 

Ninguém merece!!!

  • Indicadores da Covid-19 continuam em queda no estado, em contrapartida o número de mortos já chega 11.623 no AM e 282.127 no Brasil
  • Triplicam casos de clonagem de aplicativo de mensagens e outros golpes pela internet
  • Adiada sorteio de vagas para creches municipais
  • Procon apreende ‘doces vencidos’ em estabelecimento na Zona Leste de Manaus
  • Mais de 8 mil profissionais da saúde ainda não se vacinaram no Amazonas