Equipes da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Coari (distante 363 quilômetros em linha reta da capital) deflagraram, no último sábado (18/07), por volta das 9h, mais uma fase da operação ‘Hórus’. A ação culminou na prisão de Thyelle da Silva Meireles, 22 anos, no município de Alvarães (distante 531 quilômetros em linha reta da capital), em razão de sentença condenatória pelos crimes de tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, cometidos em 2019.

De acordo com o delegado José Barradas Júnior, titular da DIP de Coari, a mulher foi presa em flagrante no dia 19 de setembro de 2019, no porto de Coari. À época, a Polícia Militar (PM-AM), que efetuou a prisão, encontrou 12 quilos de cloridrato de cocaína e um fuzil contendo munições em uma bolsa de viagem, dentro de uma lancha rápida que fazia o trajeto fluvial de Tefé (distante 523 quilômetros em linha reta da capital) para Manaus.

Conforme a autoridade policial, durante os procedimentos cabíveis, foi determinado que a mulher cumprisse prisão domiciliar em Coari. Em abril deste ano, a mesma evadiu-se da comarca e não foi mais encontrada. No dia 11 de junho de 2020, ela foi condenada, em sentença de 1º Grau, a 12 anos e dez meses de prisão em regime fechado.

Delegado José Barradas

“Foram três meses de investigações e por meio de informações conseguidas pela Polícia Civil, no mês de julho, descobrimos que Thyelle estava em Alvarães. Ela foi encontrada na casa da mãe dela, no bairro Centro”, contou o delegado.

Procedimentos – Com o apoio da PC e da PM-AM de Alvarães, o mandado de prisão foi cumprido. A jovem ficará detida à disposição da Justiça na 57º DIP de Alvarães.