Policiais civis da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), coordenados pelo delegado Charles Araújo, titular da Especializada, apreenderam neste domingo (6) um adolescente de 16 anos, por ato infracional análogo ao crime de homicídio, que teve como vítima Juscelino Nunes da Silva, que tinha 48 anos.

O crime ocorreu na noite de sábado (5), no bairro Flores, zona centro-sul da capital. De acordo com o delegado, na ocasião do crime, a vítima foi mordida por um cachorro, e para se defender, chutou o animal.

O dono do cachorro soube do ocorrido e foi tirar satisfações com Juscelino, momento em que ocorreu uma discussão que terminou em uma briga e por fim na morte de Juscelino, que recebeu um golpe de faca no pescoço e morreu no local.

O menor entrou em contato por meio de uma advogada, informando a casa onde estava e afirmou que fugiu para não ser linchado pela população. A advogada levou os policiais até o local e o adolescente foi apreendido.

O adolescente irá responder por ato infracional análogo ao crime de homicídio. Ao término dos procedimentos cabíveis na DEHS, ele será encaminhado para a Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai), onde ficará à disposição da Justiça.