Davio Oliveira dos Santos, 32, conhecido como “Belote”, foi preso em cumprimento a mandado de prisão preventiva pela autoria do homicídio de um jovem identificado como Jackson Mourão da Mota, que tinha 20 anos. O crime ocorreu no dia 4 de dezembro de 2019, na rua Paraíba do Sul, bairro Jorge Teixeira, zona leste da capital.

De acordo com o titular da unidade policial, na ocasião do delito, o infrator efetuou diversas pauladas contra a vítima, que acabou morrendo em decorrência dos ferimentos. A ação criminosa foi gravada pela câmera de um celular, cujo vídeo viralizou nas redes sociais.

Em coletiva realizada nesta segunda-feira (6), o delegado Torquato Mozer, titular do 30º Distrito Integrado de Polícia (DIP), disse que a morte teria sido motivada por traição de uma das partes em um triangulo amoroso que os dois, que eram amigos de ‘roubo’, estavam envolvidos.

“Algo que ruiu a ‘talaricagem’, que na linguagem popular, principalmente a do crime, quer dizer traição, que geralmente é punida com morte”, revela Mozer.